Lesionado, Sandro é cortado da seleção na Copa América

O volante Sandro, do Tottenham Hotspur, foi cortado nesta terça-feira da seleção brasileira que disputa a Copa América na Argentina com duas contusões, um edema muscular na panturrilha e a ruptura de um menisco no joelho.

REUTERS

12 de julho de 2011 | 13h47

O jogador, que não entrou em campo nos dois primeiros jogos do Brasil na competição -- 0 x 0 com a Venezuela e 2 x 2 com o Paraguai -- vinha se queixando de dores nos dois locais. Ele foi submetidos a exames de imagem após o treino de segunda-feira que constataram a gravidade das lesões.

"Em virtude disso, e como não haverá tempo hábil para recuperação do jogador para a disputa da Copa América, a comissão técnica optou pela desconvocação do jogador", informou a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) em comunicado em seu site na Internet.

Sandro voltará ainda nesta terça da concentração do Brasil na Argentina para São Paulo, de onde será encaminhado ao Tottenham para que sejam realizados exames complementares, de acordo com a CBF.

O técnico Mano Menezes não poderá convocar nenhum outro jogador para substituir o volante de 27 anos, que foi revelado pelo Internacional.

O Brasil entrará em campo na quarta-feira contra o Equador para seu último jogo no Grupo B. A equipe precisa vencer para garantir uma vaga nas quartas de final da competição, da qual é atual bicampeã.

(Por Pedro Fonseca)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.