Mais 7 municípios entram na lista de desmatadores da Amazônia

Sete municípios entraram para a lista de grandes desmatadores da Amazônia, anunciada nesta terça-feira pelo ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc. Assim, o número de cidades que mais destroem a floresta passa de 36 para 43.

REUTERS

24 de março de 2009 | 18h19

O Mato Grosso segue sendo o Estado com maior número de municípios entre os campeões de devastação, com 20 cidades na lista. Três cidades mato-grossenses, no entanto, candidataram-se a deixar a lista após conseguirem redução de 60 por cento no desmatamento no biênio 2007/2008 na comparação com o período entre 2004 e 2006.

O Pará, Estado que acrescentou mais cidades à nova lista --quatro--, é o segundo na relação de Estados com municípios campeões do desmatamento, com 16 cidades.

Apesar do incremento na lista de cidades campeãs de destruição da Amazônia, Minc comemorou a redução da participação no desmatamento das 36 cidades inicialmente identificadas como principais destruidoras da floresta.

Esse percentual caiu de 50 por cento no final de 2007 para 42 por cento registrados atualmente, segundo dados divulgados pelo ministério.

"Isso foi resultado de uma ação muito focada do governo. Da instalação das barreiras de fiscalização, do leilão dos bois piratas, das restrições de crédito, do ajuizamento de ações contra desmatadores e de uma série de iniciativas para reprimir a devastação", disse o ministro segundo o site do ministério.

"Nós vamos continuar fazendo isso tudo, mas também vamos apoiar as boas iniciativas, porque nosso objetivo é não ter mais nenhum município nessa lista", acrescentou.

(Texto de Eduardo Simões)

Mais conteúdo sobre:
AMBIENTEMUNICIPIOSLISTA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.