Metroviários de Bh realizam paralisação de 24 Horas

Descumprindo uma liminar do Tribunal Regional do Trabalho de Minas Gerais (TRT-MG), metroviários de Belo Horizonte iniciaram nesta quarta-feira, 19, paralisação de 24 horas.

ADRIANA NERY, Agência Estado

19 Março 2014 | 13h00

O Sindicato dos Metroviários de Minas Gerais (Sindimetro-MG), também marcou para hoje uma passeata até o Ministério Público do Trabalho para reivindicar melhores condições de trabalho e protestar contra a privatização do setor na capital mineira. O Metrô deve passar a ser administrado pela Metrominas.

Ontem, o TRT-MG determinou o funcionamento mínimo de 70% dos trens do metrô da região metropolitana Belo Horizonte entre as 5h30 e as 9h, e entre as 17h e as 20h, de segunda a sexta-feira durante a greve.

Muitos passageiros optaram por usar o Move, nome dado ao BRT (sigla para Transporte Rápido por Ônibus em inglês), e as plataformas no novo sistema ficaram lotadas. Cerca de 230 mil pessoas usam diariamente o sistema de transporte na capital mineira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.