Michael Jackson 'chega a acordo' em disputa com xeque

Cantor era aguardado em audiência nesta 2ª; xeque alegava que Jackson não havia cumprido termos de contrato

Da BBC Brasil, BBC

24 Novembro 2008 | 07h06

Michael Jackson chegou a um acordo preliminar em uma batalha judicial com um xeque árabe que alegava que o cantor não havia cumprido os termos de um contrato musical. Jackson iria aparecer em uma audiência nesta segunda-feira, 24, na Alta Corte de Londres, tribunal que as partes elegeram para decidir a disputa.   Veja também: Michael Jackson vira muçulmano e se chama Mikaeel, diz jornal A audiência estava sendo aguardada com grande expectativa pelos fãs de Michael. Segundo o jornal britânico The Guardian, esta era a audiência mais aguardada do ano, em um tribunal do país. Um porta-voz disse que o cantor foi aconselhado a adiar a viagem, já que as partes haviam chegado a um acordo em princípio. O filho do rei do Barein, o xeque Abdulla Bin Hamad Bin Isa Al-Khalifa, estava processando o cantor por cerca de US$ 7 milhões, alegando que Jackson havia violado um contrato musical. O cantor americano nega a acusação, dizendo que não havia um acordo válido entre os dois. Segundo o repórter da BBC Matthew Shaw, Michael Jackson estava para pegar um avião para o Reino Unido quando foi aconselhado a adiar a viagem. 'Relação pessoal' O xeque diz que pagou todas as despesas de Michael Jackson no Barein até 2006, quando o cantor deixou o país. Jackson diz que os pagamentos eram "presentes". O cantor foi convidado para ir para o Barein com os filhos logo depois de ser absolvido das acusações de abuso sexual de menores em 2005. Além de pagar pelas despesas do cantor, o xeque construiu um estúdio de gravação que ele diz acreditar que seria usado para gravar discos usando material que ele havia ajudado a escrever. Ele alega que, no entanto, Michael Jackson teria abandonado o acordo em maio de 2006, depois de onze meses, e não se encontrou com o xeque desde então. Agora, o xeque diz que não quer fazer mais negócios com o cantor e está processando Jackson para conseguir seu dinheiro de volta. No início do processo judical, na semana passada, o advogado de Jackson entrou com um pedido para que o cantor prestasse depoimento por vídeo link de Los Angeles devido a preocupações com sua saúde, mas o pedido foi retirado depois que os médicos disseram que o cantor estava em condições de viajar.       BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Mais conteúdo sobre:
Michael Jackson justiça

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.