Missa com relíquia de João Paulo II reúne fiéis no Rio

Cerca de dois mil fiéis acompanharam, na manhã deste domingo, uma missa celebrada no Santuário da Medalha Milagrosa, na Tijuca, zona norte do Rio, pelo cardeal polonês Stanislaw Rylko, nomeado pelo Vaticano presidente do Pontifício Conselho para Leigos. Durante a celebração foi apresentado o livro de prata, relicário que contém a relíquia de João Paulo II, uma ampola com o sangue do beato. Essa peça só pode circular com a presença do cardeal, por conta do cargo que ele ocupa.

Agência Estado

07 de julho de 2013 | 16h41

Além do relicário, foram apresentados durante a missa a Cruz Sagrada e o ícone de Nossa Senhora, símbolos da Jornada Mundial da Juventude.

"(João Paulo II) foi um papa voltado para os jovens e vai viver nos corações das pessoas para sempre. Foi um papa especial, que durante seu pontificado apostou nos jovens. Que a Jornada Mundial da Juventude traga muitos frutos espirituais para os jovens", disse Rylko.

O cardeal polonês vai permanecer no Rio até a próxima quarta-feira, segundo a assessoria da Jornada.

Mais conteúdo sobre:
MissaPapa João Paulo II

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.