Motorista morre após carro cair da ponte do rio Guaíba

A queda de um automóvel no rio Guaíba matou o motorista Yuri Cabral Bottaro, de 24 anos, nesta quarta-feira, 30, em Porto Alegre (RS), em acidente parecido com os que aconteceram recentemente, sem deixar vítimas, na ponte Rio-Niterói. O condutor acessou uma das alças que levam à travessia para o município de Eldorado do Sul pela contramão e, no meio do trajeto, encontrou a ponte móvel içada, não conseguiu parar o carro e mergulhou de uma altura de 14 metros até a água. No local, o canal tem 24 metros de profundidade. O corpo foi encontrado dentro do automóvel pelos bombeiros.

ELDER OGLIARI, Agência Estado

30 Abril 2014 | 17h05

Os policiais rodoviários e bombeiros que participaram da operação de resgate mostraram-se surpresos com o acidente por não lembrarem de algo semelhante nos últimos 16 anos. Sempre que o vão móvel da travessia rodoviária é içado do nível da rodovia para abrir passagem de algum navio no canal a operação é sinalizada e o fluxo de automóveis é bloqueado por cancelas. Nas alças de acesso, os veículos formam filas à espera da liberação. Ao mesmo tempo as alças de saída ficam vazias porque o fluxo está interrompido do outro lado do vão.

A investigação tentará descobrir o que levou o motorista a trafegar na contramão por um longo trajeto vazio sem perceber o congestionamento de outras alças. Outros motoristas que estavam parados à espera do final da operação de passagem do navio disseram que o carro de Bottaro surgiu de repente e revelaram que ele tentou frear o veículo que conduzia, mas não conseguiu evitar o mergulho.

Mais conteúdo sobre:
acidenteRSrio Guaíba

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.