Noite do Comandante é ponto alto do passeio

O navio Zenith, da armadora espanhola Pullmantur, da gigante Royal Caribbean, tem capacidade para 1,8 mil passageiros e 600 tripulantes. Seu porte impressiona, bem como o embarque no terminal portuário de Santos - com pouca infraestrutura para receber turistas, o passageiro fica com a impressão de que está embarcando misturado a contêineres e granéis.

Andrea Vialli, O Estadao de S.Paulo

26 Dezembro 2009 | 00h00

Dentro do navio, o turista é submetido a incontáveis atividades. De concursos de drag queen na piscina a shows de salsa. Isso sem falar na requintada Noite do Comandante - onde o comandante da embarcação recebe convidados em traje de gala para um coquetel.

O casal Graciélia Holanda e Cleibson Oliveira veio do Maranhão para o passeio. De vestido longo de festa, Graciélia, que trabalha em um escritório de advocacia, estava encantada. "Sou a única moradora da minha cidade que já passou por essa experiência'', diz ela, moradora de Presidente Médici (MA), cidade de 5 mil habitantes.

A atmosfera do navio parece inspirar os casais. Foi após muito bolero e doses de prosecco que André Honório, sócio de uma autoescola em Maringá (PR), subiu ao palco para pedir a enfermeira Priscila Ito, de 28 anos, em casamento, após quatro meses de namoro. Quando casarem, os dois têm uma certeza: vão passar a lua de mel em um cruzeiro. ''O próximo será para Fernando de Noronha'', sonha Priscila.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.