Número de mortos em terremoto na China passa de 51 mil

Quase 30 mil ainda estão desaparecidos, segundo o governo chinês.

Da BBC Brasil, BBC

22 de maio de 2008 | 09h40

O número de mortos no terremoto que atingiu a província de Sichuan, na China, no dia 12 de maio, já passa de 51 mil, segundo dados divulgados pelo governo chinês nesta quinta-feira.Segundo os números oficiais, 51.151 morreram, 29.328 estão desaparecidos e 288.431 ficaram feridos na tragédia.Na quarta-feira, o número de mortos estava em torno de 41 mil.O governo fez um novo apelo por 3,3 milhões de barracas para abrigar os sobreviventes.BeichuanO governo chinês disse que uma das cidades mais afetadas pelo terremoto - Beichuan - será totalmente reconstruída em um novo local. Segundo a mídia estatal, o local ainda não foi escolhido, mas deve ser cerca de 20 km de distância da atual cidade, onde 70% dos prédios foram destruídos.O terremoto deixou cerca de 5 milhões de pessoas desabrigadas. Dez dias depois do tremor, muitos ainda utilizam abrigos improvisados. O governo chinês prometeu destinar 70 bilhões de yuan (cerca de US$ 10 bilhões) para um fundo de reconstrução. O desfile da tocha olímpica pelo país foi retomado, mas os organizadores disseram que a passagem por Sichuan será adiada por causa do terremoto. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
china dados terremoto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.