PF prende liberiano por suspeita de estelionato em MG

A Polícia Federal prendeu ontem um liberiano, de 46 anos, por suspeita de estelionato em Minas Gerais. Ele é acusado de falsificar dólares.

FABIANA MARCHEZI, Agência Estado

16 de junho de 2010 | 14h06

Em um mês de investigações, foi constatado que se tratava de um golpe conhecido como golpe dos dólares pintados. Neste tipo de crime, o suspeito simula ser detentor de dólares verdadeiros, cobertos por película escura, que teriam sido subtraídos de um banco africano, e alega precisar de ajuda para o processo de "limpeza". O processo de "limpeza" dos dólares "pintados" necessita de dólares verdadeiros, a ser fornecido pela vítima do golpe, que ficaria com expressiva parte dos dólares "limpos".

Foi realizada busca em residência na cidade de Governador Valadares, onde mora uma das vítimas do golpe. Com a presença do liberiano foi apreendida uma mala repleta de papel preto, cortado no formato de cédulas de dólar. Também foi feita busca no quarto de hotel ocupado pelo liberiano, onde foram encontradas cédulas de dólar cobertas por película preta, além de alguns frascos contendo pós e líquidos sem identificação, os quais, segundo a vítima, eram utilizados nas demonstrações de "limpeza" de dólar.

O liberiano, após ser autuado em flagrante, foi encaminhado à Cadeia Pública de Governador Valadares, onde permanecerá à disposição da Justiça Estadual. Se condenado, ele pode pegar de um a cinco anos de prisão e multa.

Tudo o que sabemos sobre:
prisãoliberianoPFestelionato

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.