Preso último acusado por morte de estudante em SP

A polícia prendeu ontem, por volta das 21h, em Santo André, no Grande ABC, Alex dos Santos Martins, de 19 anos, o último acusado de participação no assassinato de um estudante naquele município, durante um assalto, em agosto deste ano. O revólver calibre 38 usado na morte de Renato Inácio Árias, 23 anos, em frente à Fundação Santo André, no bairro Príncipe de Gales, pertenceria ao acusado.Alex, que responde a processos por roubo e lesão corporal, foi preso por policiais militares do Tático Móvel do 10º Batalhão no momento em que chegava, em uma Honda Twister amarela, à Favela Sacadura Cabral, localizado no bairro de mesmo nome, na Avenida Prestes Maia. "Fazíamos patrulhamento pela região quando abordamos o rapaz. Ele fugiu para o interior da favela e acabou caindo da moto ao lado da nossa viatura", relatou o segundo-tenente PM Razuk Maluf.Segundo os policiais militares que realizaram a prisão, com Alex não foram encontradas armas nem drogas. "Ele mora em Suzano e teria vindo para cá para recolher dinheiro de tráfico de drogas", acrescentou o policial militar. Segundo ainda a PM, o rapaz afirmou aos policiais antes de ser encaminhado à delegacia que chega a ganhar R$ 7 mil por semana coordenando o tráfico na Sacadura Cabral e em uma favela na zona Sul de SP.

Agencia Estado

24 de dezembro de 2007 | 07h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.