Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Repórter ferida diz que teve hemorragia no olho

A repórter Giuliana Vallone, da TV Folha, levou um tiro de bala de borracha no olho durante a manifestação contra o aumento de tarifa do transporte público nessa quinta-feira, 13, no centro de São Paulo.

BÁRBARA FERREIRA SANTOS, Agência Estado

14 de junho de 2013 | 12h41

Em depoimento no Facebook nesta sexta-feira, 14, ela afirmou que passou a noite em observação no hospital. Giuliana disse também que, apesar de ter sofrido uma hemorragia por causa da pancada, não sofreu fraturas nem danos neurológicos.

A repórter explicou que já tinha saído da zona de confronto e estava ajudando uma pedestre quando foi checar se a tropa de choque já havia saído. " Não vi nenhuma manifestação violenta ao meu redor, não me manifestei de nenhuma forma contra os policiais, estava usando a identificação da Folha e nem sequer estava gravando a cena. Vi o policial mirar em mim e no querido colega Leandro Machado e atirar. Tomei um tiro na cara", afirmou.

Ela foi socorrida por dois colegas, Giba Bergamim Junior e Leandro Machado, e encaminhada ao hospital.

Tudo o que sabemos sobre:
tarifasprotestoSPferidos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.