Sem-terra ocupam Hidrelétrica de Xingó, em Sergipe

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) ocupou na manhã de hoje a Hidrelétrica de Xingó, em Sergipe. O MST está fazendo uma "Jornada de Lutas" neste mês. Hoje, no Pará, invadiu um trecho da Ferrovia de Carajás, da Vale, pela nona vez. Entre outras ações, o MST tomou oito praças de pedágios no Paraná, liberando a passagem de automóveis. O movimento também ocupou terras em Minas Gerais e promoveu uma marcha com cerca de três mil pessoas, em Recife (PE).

ADRIANA CHIARINI, Agencia Estado

17 de abril de 2008 | 13h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.