Servidores municipais e da Unicamp protestam em Campinas

Trabalhadores da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e servidores da prefeitura fecharam a principal avenida da cidade na tarde desta quinta-feira, 05, em protesto por melhores salários. Segundo a Polícia Militar, cerca de 800 pessoas participam da passeata que interditou a Avenida Francisco Glicério.

RICARDO BRANDT, Agência Estado

05 Junho 2014 | 19h21

Em greve há 13 dias, os trabalhadores da Unicamp se juntaram aos servidores da prefeitura que decidiram nesta quinta-feira, 05, protestar contra os acordos fechados entre a administração e o sindicato da categoria.

Mais conteúdo sobre:
protestoCampinasUnicamp

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.