Suspeita de bomba evacua consulado venezuelano no RJ

Policiais do Esquadrão Antibombas foram acionados para checar uma suspeita de bomba no Consulado da Venezuela, em Botafogo, na zona sul do Rio, na manhã desta quarta-feira. No entanto, o artefato não era explosivo. A polícia foi acionada após uma funcionária receber hoje cedo o pacote com o seguinte recado: "cuidado, isso é uma bomba". Em seguida, o prédio do consulado foi esvaziado por precaução.

PRISCILA TRINDADE, Agência Estado

14 de abril de 2010 | 16h33

Segundo o investigador Carlos Henrique Siqueira, do Esquadrão Antibombas, o pacote era uma caixa de papelão de 10 cm por 15 cm com duas pilhas grandes enroladas em fita isolante preta. A corporação usou uma pequena quantidade de explosivo para detonar a caixa de papelão sem afetar o que estava no interior do pacote.

Dentro da caixa havia ainda uma carta endereçara ao governo da Venezuela. O bilhete foi levado para o 10º Distrito Policial, em Botafogo.

Tudo o que sabemos sobre:
VenezuelaconsuladoRiobombasuspeita

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.