TJ-MG manda hotel indenizar hóspede atacada por vaca

O Tribunal de Justiça (TJ) de Minas Gerais determinou que um hotel fazenda de Jabuticatubas indenize uma hóspede que foi atacada por uma vaca durante uma caminhada. A indenização por danos morais foi fixada em R$ 12 mil e R$ 5.258,51, por danos materiais. As informações estão no site do TJ-MG.A hóspede alegou que estava fazendo uma caminhada nas dependências do hotel com um grupo de amigos, quando foi atacada, pelas costas, pelo animal. O ataque da vaca lhe causou um corte na cabeça, escoriações na coluna, hematomas e inchaços nas pernas. Ainda segundo a hóspede, o hotel foi negligente ao negar a prestação de socorro, o que foi feito por outro hóspede. Por causa da gravidade das lesões ela foi transferida para um hospital em Belo Horizonte, e depois transportada de avião para Ituiutaba.Em sua defesa, o hotel acusou a vítima de ter provocado o animal e de se tratar de caso fortuito, afastando, assim, a responsabilidade de reparação pelos danos sofridos. Para a relatora do recurso, desembargadora Márcia De Paoli Balbino, houve falha do hotel quanto à segurança da hóspede e na prestação de assistência após o acidente. A relatora ainda argumentou que o hotel responde pelos danos causados por animais de sua propriedade, bem como por atos de seus funcionários.

AE, Agencia Estado

10 de outubro de 2007 | 18h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.