Trecho da BR-227 é liberado pela polícia

O trecho da Rodovia BR-277 localizado em Guarapuava, área central do Paraná, que estava fechado havia 24 horas por causa dos protestos de caminhoneiros, foi liberado no final da tarde desta terça-feira por meio de uma ação da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Militar (PM). Os trabalhadores reclamavam dos valores dos pedágios e dos combustíveis. Segundo a PRF, a fila no momento da liberação chegava a oito quilômetros.

JULIO CESAR LIMA, ESPECIAL PARA A AE, Agência Estado

02 de julho de 2013 | 19h34

Já em Realeza, na região sudoeste, na rodovia PR-182, houve bloqueio do trecho do quilômetro 460 desde a manhã desta terça-feira. Os caminhoneiros liberariam a passagem de automóveis por um período no início da noite e em seguida voltariam a fechar. Em Candói, o quilômetro 424 da BR-373 continuava bloqueado até o início da noite. As manifestações começaram na segunda-feira, 1, e, segundo o presidente da Federação dos Caminhoneiros Autônomos do Paraná (Fetac), Neori Leobet, atingiu cerca de 50% da categoria, que conta com 100 mil trabalhadores no Estado.

Mais conteúdo sobre:
ProtestosPR

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.