USP deve criar 3 cursos de Engenharia no interior

O Conselho de Graduação da Universidade de São Paulo aprovou a criação de três bacharelados na Escola de Engenharia de Lorena, no interior do Estado, e a transferência do curso de Engenharia de Petróleo da Escola Politécnica para Santos, no litoral.

Carlos Lordelo / ESTADÃO.EDU, O Estado de S.Paulo

22 Junho 2011 | 00h00

As medidas dependem do aval do Conselho Universitário, instância máxima da USP, que vai se reunir no dia 28. Se as sugestões forem acolhidas, o próximo vestibular da Fuvest já contemplará as mudanças.

O câmpus de Lorena pleiteia a criação das Engenharias Ambiental, Física e de Produção, cada uma com 40 vagas. A Poli oferecerá dez vagas para ingressantes no curso de Engenharia de Petróleo em Santos, mas a unidade quer ampliar o número de cadeiras para 50 a partir de 2013. A mudança não afeta os atuais alunos, que concluirão a graduação na Cidade Universitária.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.