Vale reitera que quer manter sistema trimestral para minério

A despeito das opções que as mineradoras têm oferecido nas negociações do minério de ferro em meio à crise econômica, a Vale não pretende abandonar o modelo atual baseado em reajustes trimestrais no preço do produto.

SABRINA LORENZI, REUTERS

19 Outubro 2011 | 16h55

"A Vale continua a empregar o sistema trimestral de fixação de preços para o minério de ferro, que considera o mais adequado para refletir o atual estágio da indústria global de minério de ferro", informou a empresa nesta quarta-feira em nota à imprensa.

A companhia, maior exportadora de minério de ferro do mundo, reiterou a preferência pelo modelo atual um dia depois de seu presidente, Murilo Ferreira, ter admitido que a companhia poderá flexibilizar as negociações de acordo com as necessidades de seus clientes. Ele também deixou claro a jornalistas que o sistema atual deve permanecer, ao chegar para uma audiência pública sobre o setor de mineração no Senado.

"A Vale, como uma empresa fornecedora global de minério de ferro, é fortemente comprometida com seus consumidores e procura ajustar-se às necessidades e características de cada cliente, na medida em que estas reflitam as condições de mercado", acrescentou a nota.

"Portanto, a Vale está sempre aberta a discutir e negociar soluções com seus clientes que possam trazer benefícios mútuos, desde que não se configurem em uma abordagem oportunística, mas sejam direcionadas necessariamente para a adoção de conceitos sustentáveis no longo prazo", acrescentou.

Uma fonte de mercado antecipou à Reuters que a Vale aceitou retirar uma cláusula dos contratos trimestrais que previa a manutenção dos valores se a variação de trimestre para trimestre fosse inferior a 5 por cento.

A companhia reafirmou no comunicado que acredita na manutenção dos fundamentos sólidos da indústria, no médio e longo prazo.

"A despeito da volatilidade do ambiente econômico e das incertezas do panorama global de curto prazo, a Vale acredita que os fundamentos para a indústria de metais e mineração continuam sólidos para o médio e longo prazo, não havendo razões para mudanças estruturais no sistema de preços vigente".

A BHP Biilliton está trocando também o sistema de precificação trimestral por um novo modelo online, o que, segundo analistas, poderá levar as outras a adotarem, ainda que gradualmente ou em parte, o mesmo esquema.

(Reportagem de Sabrina Lorenzi; edição de Roberto Samora)

Mais conteúdo sobre:
MINERACAO VALE PRECO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.