PUBLICIDADE

EXCLUSIVO PARA ASSINANTES
Foto do(a) coluna

Bastidores da política e da economia, com Julia Lindner e Gustavo Côrtes

Roberto Freire é indicado para comandar Ministério da Cultura

.

PUBLICIDADE

Foto do author Andreza Matais

Roberto Freire, presidente nacional do PPS | Divulgação 

O PPS bateu o martelo. Entre os ministérios da Ciência e Tecnologia e da Cultura, oferecidos pelo vice-presidente Michel Temer caso assuma a presidência da República, o partido ficou com a segunda opção. O indicado para a vaga será o presidente nacional da legenda, o deputado Roberto Freire (SP). Ele e o senador Cristovam Buarque (DF) reuniram-se ontem com Temer. Na ocasião, Cristovam disse que apoiaria o eventual governo, mas que não aceitaria participar dele. O convite, contudo, já foi direcionado para Freire. Temer o puxou pelo braço e disse: - Quero você no ministério!

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.