Operação contra placas ilegais complica trânsito em SP

PUBLICIDADE

Por Elvis Pereira
1 min de leitura

Uma operação da Polícia Militar (PM) e da Secretaria da Fazenda paulista, além do excesso de veículos, provocavam 145 quilômetros de congestionamento nas vias da capital paulista às 15 horas de hoje. Para a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), este índice deve aumentar nas próximas horas. A operação tem o objetivo de fiscalizar e tirar de circulação veículos que foram irregularmente licenciados em outras cidades. As batidas policiais são executadas em diversos pontos da cidade. Entre os pontos de fiscalização estão as avenidas Marquês de São Vicente e Engenheiro Caetanos Álvares. Procurada, a Secretaria da Fazenda informou que comentará a operação De olha na Placa apenas quando ela for concluída. A pior situação era verificada na Avenida Salim Farah Maluf, onde havia 6,4 quilômetros de lentidão nos dois sentidos - Vila Prudente e Marginal do Tietê -, entre a Ponte do Tatuapé e a Avenida Professor Luís Inácio de Anhaia Melo. A Marginal do Pinheiros apresentava mais 5,6 quilômetros de morosidade, da Rodovia Castello Branco até a Ponte Cidade Universitária, no sentido Interlagos. Quem acessava a Marginal do Tietê enfrentava 5,4 quilômetros de trânsito ruim a partir da Castello Branco até a Ponte do Piqueri, no sentido Ayrton Senna.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.