PUBLICIDADE

EXCLUSIVO PARA ASSINANTES
Foto do(a) coluna

Cultura, comportamento, noite e gente em São Paulo

Palocci, o sobrevivente

PUBLICIDADE

O ex-ministro Antônio Palocci sobreviveu a nada menos que 19 inquéritos criminais que passaram pelo STF desde 2005. O primeiro deles, o de n.º 1614, apurava desvio de recursos pela prefeitura de Ribeirão Preto durante sua gestão e... prescreveu.

PUBLICIDADE

Outros 15 foram arquivados. Em dois dos inquéritos, segundo se apurou, as denúncias chegaram a ir a julgamento mas foram rejeitadas pelo plenário do STF. O primeiro apurava desvio de recursos públicos do Departamento de Águas e Esgotos de Ribeirão Preto. O segundo foi o famoso caso envolvendo o caseiro Francenildo Pereira, que investigou o então ministro da Fazenda do governo Lula por quebra de sigilo funcional.

Curiosidade: em ambos os casos o ministro Marco Aurélio Mello foi voto vencido. No primeiro, votou sozinho contra os outros membros do STF. No segundo, perdeu na companhia de Cármen Lúcia, Carlos Ayres Brito e Celso de Mello.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.