PUBLICIDADE

União Europeia pode multar Google por ferir práticas de antitruste, diz site

Gigante de buscas já foi multada em junho do ano passado; desta vez, valor da multa pode ser maior

PUBLICIDADE

Por Redação Link
Atualização:
A chefe da Comissão Europeia, Margrethe Vestager. Foto: REUTERS/Gary Cameron

O Google pode receber outra multa bilionária da União Europeia. O gigante de buscas corre o risco de ser penalizado por ferir práticas de antitruste em seu sistema operacional Android. Segundo fontes do site Politico, a Comissão Europeia, autoridade responsável pela regulamentação econômica da União Europeia, pode anunciar sua decisão em julho, e a multa pode ser maior que os US$ 2,8 bilhões cobrados do Google em um caso antitruste no mês de junho do ano passado. 

PUBLICIDADE

A Comissão Europeia investiga um uso suspeito do Android, em que o Google tentaria eliminar os seus competidores de mercado. Para as autoridade europeias, esse teria sido o caminho pelo qual o Android obteve vantagem em relação a suas rivais e chegou à posição de dominante do mercado. Entre as práticas, estaria exigência de que fabricantes de smartphone instalassem o Google Search e o Google Chrome para terem acesso ao aplicativo Google Play. A decisão do caso está nas mãos de Margrethe Vestager, chefe da Comissão Europeia. 

O Google não respondeu à acusação, mas citou um artigo escrito por um executivo do Google em 2016, em que ele explica que o Android estava criando um ambiente de mais competição. 

Histórico. Em junho do ano passado, o Google recebeu uma multa bilionária, devido à acusação de que o serviço de busca abusou de sua posição dominante no mercado ao dar destaque, nas pesquisas de usuários europeus, ao seu serviço de comparação de preços, o Google Shopping, no lugar dos rivais.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.