Aeroportos reabrem, mas 28% dos voos registram atraso

O fechamento para pousos, desde as 6 horas, tanto no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, como no aeroporto de Congonhas, na zona sul da capital paulista, em razão do mau tempo e denso nevoeiro, reflete na saída dos voos de diversos aeroportos brasileiros nesta manhã.

RICARDO VALOTA, Agência Estado

11 Junho 2011 | 10h12

Dos 661 voos domésticos programados entre a 0h e 9h deste sábado, em todo o País, 183 (28%) sofreram atrasos de mais de 30 minutos. Outros 63 (9%) foram cancelados. Já em relação aos 44 voos internacionais, apenas 3 sofreram atrasos; cinco foram cancelados. Entre 8h e 9h, 15,7% dos voos domésticos de todo o País registraram atrasos superiores a 30 minutos.

Congonhas ficou fechado para pousos e decolagens entre 6h e 7h45. Às 8 horas, as decolagens foram autorizadas e, 20 minutos depois, foi a vez dos pousos começarem a ser liberados. Em Guarulhos, as decolagens não chegaram a ser suspensas, mas os pousos tiveram que ser desviados até as 9h20. Os voos internacionais foram desviados para o Galeão, no Rio; já os domésticos, para Viracopos (Campinas), Confins (Belo Horizonte) e Vitória (ES).

O aeroporto Juscelino Kubitschek, em Brasília, ficou fechado para pousos e decolagens até as 9 horas. Em Porto Alegre, o aeroporto Salgado Filho estava com o saguão lotado nesta manhã, em razão do fechamento das bases aéreas em São Paulo.

Mais conteúdo sobre:
aeroportos voos atrasos mau tempo Infraero

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.