Após tempestade de areia, robô desce a cratera marciana

A descida estava suspensa desde julho, quando uma tempestade de areia atingiu o hemisfério Sul de Marte

Associated Press,

11 de setembro de 2007 | 16h02

Dois meses depois de sobreviver a uma tempestade de areia marciana, o robô Opportunity da Nasa prepara-se para iniciar a perigosa descida pela encosta da cratera Victoria, aberta pelo impacto de um meteoro milhares de anos atrás.   Engenheiros enviaram a ordem remota para o início da descida e receberam confirmação do robô. Será preciso esperar várias horas até que se saiba como a ma´quina se saiu no passeio.   A primeira tarefa do Opportunity será "molhar o pé" na cratera, um movimento que envolve rolar todas as seis rodas além da beira da cratera e voltar rapidamente, a fim de avaliar a firmeza do solo.   Ao longo dos próximos dias, os engenheiros conferirão os instrumentos do robô e darão ordens para que desça lentamente a encosta, rumo a uma faixa de rochas cerca de 12 metros abaixo da borda.   A descida à cratera estava suspensa desde julho, quando uma severa tempestade de areia atingiu o hemisfério Sul de Marte, onde Opportunity e seu "irmão gêmeo", Spirit, estudam lados opostos de Marte. A areia encobriu o Sol, fonte de energia dos robôs.     No auge da tormenta, os robôs entraram em modo de stand-by para poupar eletricidade.

Tudo o que sabemos sobre:
marteopportunityvictoria

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.