Boliviana é presa após vender seu bebê por R$ 250

Mulher, pobre, disse à polícia que foi abandonada pelo marido e não teria condições de criar a filha recém-nascida.

BBC Brasil, BBC

04 de junho de 2010 | 05h15

A polícia da cidade boliviana de Cochabamba prendeu uma mulher de 30 anos acusada de vender sua bebê recém-nascida por mil pesos bolivianos, ou cerca de R$ 250.

Jesusa Molle disse à polícia que a mulher admitiu ter vendido a criança porque não tinha condições financeiras de criar a filha.

O correspondente da BBC em La Paz Andres Schipani, disse que a mulher é pobre foi abandonada pelo marido recentemente.

Mais cedo, ela havia dito que a menina tinha sido roubada da maternidade.

A polícia também prendeu a compradora, uma mulher de 35 anos que, segundo as informações, é incapaz de ter filhos.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.