Bush promete vetar pesquisa com células-tronco

A Casa Branca reiterou a ameaça do presidente George W. Bush em vetar um projeto de lei que autorizaria o governo dos EUA a financiar pesquisas com células-tronco embrionárias. A lei deverá ser votada em breve no Senado, e tem boas chances de aprovação. "Se (esta lei) for apresentada ao presidente, ele a vetará", diz uma nota oficial emitida pela administração, com a frase sublinhada. "A lei forçaria o contribuinte americano a pagar por pesquisa que depende da destruição intencional de embriões humanos, derrubando a política presidencial que financia pesquisas sem provocar tal destruição". A nota enfraquece a esperança de alguns políticos de que Bush, pressionado por novas descobertas científicas e pelo forte apoio às pesquisas com células-tronco na opinião pública, possa mudar de opinião e sancionar a lei, especialmente se o Senado mostrar a força necessária para derrubar um veto presidencial.

Agencia Estado,

17 de julho de 2006 | 16h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.