Caixa Econômia reserva 2 mil vagas de estágio para ProUni

Desde abril, fichas de inscrição exibem campo para candidato marcar se é beneficiário do Programa

CARINA URBANIN, Agencia Estado

13 de maio de 2008 | 20h30

A Caixa Econômica Federal (CEF) reservou 2 mil vagas de estágio para serem oferecidas a universitários bolsistas do Programa Universidade para Todos (ProUni), segundo informou nesta terça-feira, 13, o Ministério da Educação (MEC). Desde abril, as fichas de inscrição para estágio exibem um campo para que o candidato marque se é beneficiário do ProUni. "Nos últimos 30 dias, mais de 6 mil alunos já se inscreveram informando fazer parte do ProUni", afirmou o gerente de Assuntos Institucionais do Centro de Integração empresa-escola (Ciee), Moisés do Espírito Santo Júnior.A prioridade aos bolsistas é resultado de uma parceria firmada entre a CEF e o MEC. O estágio é de cinco horas diárias, de segunda a sexta-feira, com remuneração mensal de 475 reais. O contrato tem duração mínima de um ano e máxima de dois anos. Podem inscrever-se estudantes a partir do quinto semestre do curso superior.De acordo com a analista júnior da Coordenação do Programa da Caixa, Josibel Rocha Soares, as vagas preferenciais estarão abertas durante todo o ano e serão preenchidas à medida que os estagiários forem concluindo os contratos. Inscrições podem ser feitas pela página do ciee.

Tudo o que sabemos sobre:
ProUni

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.