Câmara volta a adiar votação da Lei Geral da Copa

A votação na Câmara dos Deputados da Lei Geral da Copa, conjunto de regras para a realização das Copa do Mundo de 2014 e da Copa das Confederações de 2013, foi novamente adiada nesta terça-feira, após a maioria dos partidos que compõem a base da presidente Dilma Rousseff defender o adiamento.

REUTERS

21 Março 2012 | 17h57

Com várias siglas da coalizão governista em obstrução, não houve o quórum mínimo necessário para que o tema fosse analisado pelo plenário da Casa.

Os líderes aliados preferiram adiar a discussão porque havia risco de derrota para o governo no ponto da lei que trata da liberação do comércio de bebidas alcoólicas nos estádios durante os dois torneios.

"Não quero correr o risco da oposição vencer", disse o líder do PMDB, deputado Henrique Eduardo Alves (RN).

Segundo ele, a maioria do seu partido não queria votar a matéria nesta quarta porque prefere votar antes o Código Florestal.

(Reportagem de Jeferson Ribeiro e Maria Carolina Marcello)

Mais conteúdo sobre:
POLITICACOPAADIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.