Carnaval 2008: Tucuruvi canta o sorvete, desde 1000 A.C.

Muitas cores, aromas e crianças. Quando a Acadêmicos do Tucuruvi decidiu levar à avenida o samba-enredo ?Hummm... É Tempo de Sorvete, do Oriente ao Ocidente, o Alimento Refrescante e Nutritivo?, o carnavalesco Armando Barbosa logo pensou nessa tríade para traduzir o que é o sorvete. Composta por Diley Machado, Fábio de Paula, Moraes e Rodrigo Rocha, e interpretado por Fredy Viana, a música traz a história do sorvete, desde 1000 A.C. até hoje. ?Era importante para a gente poder levar essa alegria em forma de cores. Foi pensando nisso que elaboramos as fantasias para o desfile?, conta o carnavalesco. O samba-enredo foi escolhido pela amplitude do tema. O carro abre-alas trará uma geleira. ?Assim que foi feito o primeiro sorvete: misturando o gelo, mel e suco de frutas?, conta Barbosa. Uma das grandes apostas da escola para o desfile é a ala de encerramento, que contará com as crianças. Segundo Barbosa, 70% do sorvete no mundo é consumido pelo público infantil. ?Então era lógico ter a ala com as crianças?, explica. A ala de encerramento também deve brindar o público com aromas de sorvete produzidos no próprio carro alegórico, além da distribuição de 1.500 potes de sorvete para a platéia. A Acadêmicos do Tucuruvi será a segunda escola a desfilar hoje, no primeiro dia do carnaval de São Paulo. Ela deve entrar no Sambódromo por volta de meia-noite, após a Gaviões da Fiel deixar a avenida. Fundada em fevereiro de 1976, a escola nunca conquistou o título do Grupo Especial e no ano passado ficou na 9ª colocação. Para este ano, a expectativa inicial é ficar entre as cinco primeiras. ?Não temos a verba das grandes escolas, que vão realizar desfiles faraônicos. Mas tamanho não é documento. Vamos fazer um desfile muito bonito, com muitos detalhes. Visualmente, estaremos no páreo com as melhores?, diz o carnavalesco, que calcula entre R$ 1 milhão e R$ 1,2 milhão o total gasto com o desfile. ?Não pudemos fazer o desfile que queríamos, mas vamos fazer um desfile muito bonito?, diz. Ele explica que a escola foi obrigada a contar apenas com o dinheiro arrecadado nos ensaios no barracão e com venda de fantasias e CDs. ?Uma escola menor, como a nossa, tem mais dificuldade para arrumar patrocínio?, lamenta. Ele conta que até foram negociados patrocínios com empresas, mas não foi possível fechar acordo por causa da greve no Ministério da Cultura. ?Como o dinheiro viria por conta da Lei Rouanet, era preciso a liberação do ministério. Mas ocorreu a paralisação e não conseguimos fechar a tempo?, explica. A escola deve levar para avenida 3.200 integrantes. Os destaques são a rainha de bateria, a modelo Valéria Paula, a madrinha de bateria, a atriz Núbia Oliver, além dos ex-BBBs Juliana e Carlão. Confira o samba-enredo da Acadêmicos do Tucuruvi: Hummm... É Tempo de Sorvete, Do Oriente Ao Ocidente, O Alimento Refrescante e NutritivoDelícia chinesaDo oriente essa iguaria se espalhouEntre povos e culturasNeve e mel com frutas têm valorConquistando um imperadorSe propagou no ocidenteA Europa apreciava, encantava a realezaE toda a corte portuguesaCom leite aguçou o paladarDas charmosas damas da nobrezaAtravessou o mar pra se consagrar"Americanizou", evoluiuSurgiram sabores, receitas incríveisQue o mundo aplaudiuEm terras brasileirasÉ novidade, é sensaçãoLá no Rio de Janeiro, do carioca maneiroRefresca o dia-a-dia do povãoAqui, na terra da garoaEsperei a hora para te saborearÉ bom, como é bom, o sorvete em toda parteA indústria vem fazendo arteDo alimento, diversãoEm cores e sabores, você é carnavalA grande paixão nacional!É verão amor, vem desfilarAliviar o teu calorSou Tucuruvi de alma e paixãoVou refrescar seu coração!

MÁRIO SÉRGIO LIMA, Agencia Estado

01 de fevereiro de 2008 | 13h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.