Carolina Dieckmann presta depoimento sobre vazamento de fotos

Atriz está na delegacia desde as 9 horas da manhã

Antonio Pita, Agência Estado

07 Maio 2012 | 15h23

RIO DE JANEIRO - A atriz Carolina Dieckmann e o marido Tiago Worcman permanecem na tarde desta segunda-feira na 6ª DP, responsável pela investigação de crimes eletrônicos, para prestar depoimento sobre o vazamento de fotos pessoais em que a atriz aparece nua na internet. Carolina está na delegacia desde as 9 horas da manhã.

Seu advogado, Antonio Carlos de Almeida Castro (Kakay), afirmou que "desde o primeiro momento tentaram fazer uma extorsão, e ela imediatamente reagiu e tomou providências com conhecidos na área de segurança". A atriz foi orientada a responder aos contatos com intuito de obterem um flagrante, mas as fotos acabaram sendo divulgadas. Segundo o advogado, Carolina vinha sofrendo a tentativa de extorsão há duas semanas, por meio de telefonemas e e-mails. O empresário da atriz também foi contatado.

"Esses crimes deixam rastros e esperamos em pouco tempo chegar à pessoa que divulgou as fotos", afirmou Kakay. A polícia investiga os crimes de extorsão, furto e difamação. O computador da atriz ainda será periciado, e o advogado afirmou que não vai revelar detalhes do depoimento "para não levantar falsas suspeitas".

Kakay disse ainda que entrou em contato com os dois sites que estavam hospedando as fotos de Carolina, um nos Estados Unidos e outro na Inglaterra, e as imagens já foram retiradas do ar. O advogado também contatou o setor jurídico do Google, para evitar que o conteúdo fosse encontrado por meio do sistema de buscas. Ele ainda aguarda resposta do provedor.

Mais conteúdo sobre:
Carolinadepoimento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.