Chuva dá trégua ao paulistano, mas há vias intransitáveis

A chuva, que castigou a Grande São Paulo nesta quinta-feira, perdeu a força na capital. Dos 56 pontos de alagamento registrados na noite de ontem, apenas 13 continuam ativos, alguns ainda intransitáveis. Já não há região em estado de atenção. Todas se encontram em observação. Ainda é impossível atravessar os seguintes alagamentos na zona sul da capital: o da avenida das Juntas Provisórias entre os números 238 e 312, em ambos os sentidos; os da avenida do Estado, junto à Praça Alberto Lion e da rua dos Patriotas, também em ambos os sentidos; e da avenida Aricanduva nas proximidades da Rua Tumucumaque. Além desses locais, há outros nove transitáveis, principalmente na zonas leste e sul: um entre os viadutos Grande São Paulo e José Colassuono, em ambos os sentidos; outro na rua Abaúna , no sentido Imigrantes Anchieta, na travessa Euclides Pinheiro; na avenida Prof Luiz Ignácio de Anhaia Mello, junto à rua Amparo, no sentido de Vila Prudente para Sapopemba; na avenida das Juntas Provisórias, próximo à rua Lord Cockrane, no sentido Ipiranga Vila Prudente; na avenida Presidente Wilson e na avenida Dr Francisco Mesquita, em ambos os sentidos, perto da rua Vemag; Na avenida Moreira Guimarães, junto à avenida Jurema, no sentido bairro Centro, perto do Aeroporto de Congonhas; na avenida República do Líbano; e, por fim, a avenida Emérico Richter no sentido bairro-centro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.