Cinza de vulcão cancela voos no Aeroporto de Guarulhos

O Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, já registra dez partidas e três chegadas canceladas após as cinzas do vulcão Puyehe, no Chile, voltarem a se aproximar da capital argentina, Buenos Aires, de acordo com informações são da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero).

CAROLINA SPILLARI, Agência Estado

09 Junho 2011 | 11h41

Os voos cancelados são das companhias LAN, Gol e TAM. As cinzas interferem na operação dos aeroportos de Argentina, Uruguai, Paraguai e Bolívia. Ficaram comprometidos os voos das 8h25 até as 12h15 desta quinta-feira. A TAM informou em nota que cancelou as operações nos aeroportos de Buenos Aires, Montevidéu e Assunção. A companhia informa que continuará analisando as condições climáticas para voltar a operar o mais rapidamente possível.

O Aeroporto do Galeão, na zona norte do Rio de Janeiro, teve quatro chegadas canceladas - três de Buenos Aires e uma de Santiago - da Aerolíneas Argentinas, TAM e LAN. Também foram suspensas cinco partidas - quatro para Buenos Aires e uma para Montevidéu - da Gol, TAM, Aerolíneas Argentinas e Pluna. A Infraero não soube informar se os voos cancelados entre zero hora e os previstos até as 14 horas no Galeão estão relacionados ou não com as cinzas do vulcão.

Mais conteúdo sobre:
vulcãoChileArgentinavoosBrasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.