Confrontos religiosos matam mais de 300

Confrontos entre grupos cristãos e muçulmanos deixaram mais de 300 mortos nos últimos quatro dias, de acordo com o governo nigeriano. Versões não oficiais elevam esse número a 500. Ontem, foram encontrados 61 corpos, alguns decapitados e desmembrados, na cidade de Jos, região central da Nigéria. Mais de 300 pessoas foram presas.

, O Estadao de S.Paulo

26 de janeiro de 2010 | 00h00

NIGÉRIA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.