DER prevê mais 168 radares nas estradas de SP

Mais 168 radares medidores de velocidade devem ser instalados nos próximos meses nos 22 mil quilômetros de estradas estaduais de São Paulo, segundo previsão do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), órgão responsável pela gestão de fiscalização de velocidade das rodovias. Os equipamentos estão em processo de licitação. Outros 75 já estão em implantação, junto com 102 radares inteligentes.

FABIANA MARCHEZI, Agência Estado

30 de abril de 2010 | 13h19

Por enquanto, já estão em operação 227 radares entre fixos, estáticos e portáteis no Estado. De acordo com a Secretaria Estadual dos Transportes, a intenção é coibir o excesso de velocidade, uma das principais causas de acidentes com vítimas. A secretaria também informou que em três anos foram aplicadas quase dez milhões de multas nas estradas paulistas: em 2007, foram emitidas 2.854.478; em 2008, 3.669.257; e 2009, 3.402.356. Em média, 70% das multas são por excesso de velocidade.

Ainda segundo a pasta, o DER, a Polícia Rodoviária Estadual (PRE) e as concessionárias, em conjunto, determinam a colocação de radares nas estradas concedidas. Para a implantação dos equipamentos de velocidade, os técnicos consideram uma série de aspectos, como volume de veículos, peculiaridade da pista, características geométricas, pontos com alto índice de acidentes e ainda trechos onde é necessário o controle de velocidade.

Mais conteúdo sobre:
estradasSPDERradares

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.