Disputa entre facções deixa duas pessoas feridas no Rio

O confronto entre facções criminosas no Morro do Juramento, em Vicente de Carvalho, no subúrbio do Rio de Janeiro, deixou um morador e um policial feridos na madrugada de hoje. De acordo com testemunhas, traficantes do Comando Vermelho chegaram em um caminhão e motos à favela, que é dominada pela quadrilha Amigos dos Amigos (ADA), para tentar tomar as bocas de fumo.

PEDRO DANTAS, Agência Estado

11 de dezembro de 2010 | 14h37

Guilherme Batista Domingues, de 19 anos, foi ferido com uma bala no braço esquerdo. Ele foi operado no Hospital Getúlio Vargas, na Penha (zona norte), e liberado. O sargento do 41º Batalhão de Polícia de Irajá Ricardo Ferreira Tojado foi ferido de raspão no pescoço e também teve alta. Localizado a 8,4 km do Complexo do Alemão, o Morro do Juramento está mergulhado na disputa entre quadrilhas. Desde 2005, o Comando Vermelho tenta a retomada da favela.

A polícia continua à procura do traficante Fabiano Atanázio da Silva, o FB, ex-chefe do tráfico da Vila Cruzeiro, ocupada pela polícia desde o dia 28.

Na madrugada de hoje, Tiago de Souza Barbosa, o Toquinho, de 22 anos, morreu durante uma troca de tiros com policiais do 16º Batalhão de Olaria na Favela Furquim Mendes, no Jardim América, na zona norte da cidade. Ele foi apontado como um dos principais auxiliares de FB. Com o acusado, a polícia apreendeu um fuzil, um carregador e um caderno com anotações da contabilidade do tráfico de drogas.

Hoje a manhã foi tranquila nos complexos do Alemão e da Penha. Centenas de crianças escreveram as 152 frases que vão decorar o teleférico do Complexo do Alemão. A manhã foi dedicada à recreação e pinturas com a presença de artistas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.