Kai Pfalffenbach/Reuters
Kai Pfalffenbach/Reuters

Draghi, do BCE, diz que não há sentido em especular sobre saída da Grécia da zona do euro

Presidente do BCE reiterou que projeto da zona do euro é irreversível

REUTERS

15 Fevereiro 2015 | 13h13

O presidente do Banco Central Europeu Mario Draghi disse em entrevista publicada neste domingo que não faz sentido especular sobre o abandono da Grécia à zona do euro.

Em declarações para a revista semana do jornal espanhol ABC, Draghi reiterou que o projeto da zona do euro era "irreversível", ainda que tenha se recusado a comentar sobre o que estava errado com o conceito da Grécia sair da união monetária de 19 países.

"Por favor entenda que eu prefiro não comentar esse assunto. Qualquer comunicado feito por mim pode ser usado politicamente. Especular uma saída em potencial da união monetária não faz nenhum sentido", disse Draghi.

A Grécia e seus parceiros da zona do euro estão atualmente em difíceis negociações sobre demandas do novo governo do primeiro-ministro de esquerda, Alexis Tsipras, por um fim à austeridade e o pela renegociação da dívida da Grécia.

(Reportagem de Paul Day)

Mais conteúdo sobre:
BANCO DRAGHI BCE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.