Em SP, 18 mil presos são liberados no Dia das Mães

No ano passado, 15.507 detentos foram beneficiados com a medida; 727 não retornaram à prisão

da Redação, estadao.com.br

09 de maio de 2008 | 09h54

Pelo menos 18 mil presos do regime semi-aberto no Estado de São Paulo começaram a deixar a prisão, para passar o Dia das Mães em casa com a família. A saída temporária é autorizada pela Justiça e prevista na Lei de Execuções Penais (LEP). Em igual período do ano passado, 15.507 detentos foram beneficiados com a medida. Porém, 727 ou 4,7% não retornaram à prisão de origem e foram considerados evadidos do sistema prisional. A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) testa o uso de tornozeleiras para monitorar, eletronicamente, os presos beneficiados.

Tudo o que sabemos sobre:
sistema prisionalindultoDia das Mães

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.