Emendas individuais ganham mais R$2 milhões no Orçamento de 2009

O relatório preliminar do Orçamento de 2009 foi aprovado simbolicamente nesta quarta-feira pela comissão mista do Congresso com a inclusão de um destaque que elevou as emendas individuais de 8 milhões de reais para 10 milhões de reais. Os parlamentares aprovaram o destaque com o compromisso de tirar esses dois milhões de reais das emendas de comissão. Segundo o deputado José Guimarães (PT-CE), autor do destaque, a mudança não significará aumento de despesas e sim ajuste das emendas. Para ele, a alteração se justifica já que as emendas individuais são mais executadas. O relator da proposta de Orçamento, senador Delcídio Amaral (PT-MS), confirmou as mudanças divulgadas ontem pelo ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, com uma projeção de crescimento econômico de 3,7 por cento em 2009. Delcídio afirmou que os cortes no orçamento podem atingir 8 bilhões de reais, sobretudo em custeio, mas não descartou alguma redução no investimento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.