Equipes retomam resgate em pedreira de Santos-SP

O trabalho de resgate dos dois trabalhadores que estão soterrados em uma pedreira em Santos, no litoral de São Paulo, foi retomado na manhã de hoje. Eles estão presos no local desde a manhã da última terça-feira, dia 12. O risco elevado de ocorrerem novos desabamentos de rochas dificulta o trabalho de resgate.

PRISCILA TRINDADE, Agência Estado

16 de abril de 2011 | 12h15

O acidente ocorreu numa pedreira localizada na Rodovia Rio-Santos, área continental da cidade. Na quarta-feira, uma nova avalanche de terra, registrada por volta das 9 horas, prejudicou o avanço do trabalho de resgate. Geólogos do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) foram ao local para analisar a maneira mais segura de socorrer as vítimas.

Ontem, o IPT usou um equipamento que detecta metais para tentar localizar os veículos em que os trabalhadores estavam no momento do deslizamento. Segundo o instituto, esse procedimento permite reduzir a área de buscas e agilizar a ação de resgate.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.