Escola é multada por barrar aluno com cabelo moicano

Um aluno do Colégio Ari de Sá Cavalcante, em Fortaleza, receberá R$ 3 mil por ter sido impedido de entrar na escola por causa do seu corte de cabelo no estilo moicano. A decisão é da 7.ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Ceará (TJ-CE). O colégio recorreu de sentença de agosto de 2009, que tinha fixado a indenização em R$ 10 mil.

AE, Agência Estado

30 de setembro de 2011 | 20h36

Tudo o que sabemos sobre:
Justiçaescolamoicanomulta

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.