Estudante dirige até hospital com bala alojada na cabeça

Rapaz foi baleado quando tirava chave do contato para entregar a assaltantes, em Ribeirão Preto

Rene Moreira, especial para o Estado, Agência Estado

13 Março 2014 | 20h17

FRANCA- Um estudante de 22 anos dirigiu por 2 quilômetros até um hospital após ter sido baleado na cabeça por dois assaltantes durante uma tentativa de roubo ao seu carro, na madrugada desta quinta-feira, 13, em Ribeirão Preto, interior de São Paulo. O rapaz, que tinha um projétil calibre 22 alojado atrás do olho, perdeu a visão do lado esquerdo e provavelmente precisará passar por cirurgia.

O estudante contou à polícia que, ao parar no semáforo localizado no cruzamento da Avenida Presidente Vargas com a Rua Altino Arantes, em área nobre da cidade, dois homens que estavam em uma motocicleta encostaram em seu carro, um Golf, e anunciaram o assalto. Eles exigiram o carro e, quando o rapaz fez um movimento para retirar a chave do contato, foi alvejado.

Ferido na cabeça, ele estancou o sangue com uma toalha e dirigiu até o Hospital São Paulo. Os bandidos, que fugiram, ainda não foram identificados. Policiais buscam pistas na região. Imagens de câmeras de segurança próximas ao local podem ajudar, apesar de os criminosos estarem com capacete.

Cenário. A região do Jardim Sumaré, onde ocorreu o crime, possui lojas, shoppings centers, restaurantes, bares e tem uma vida noturna bastante movimentada. O nome do estudante não foi divulgado.

Mais conteúdo sobre:
estudantehospital

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.