Haddad se encontra com profissionais do Mais Médicos

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), participou, na manhã deste sábado (22), de solenidade ao lado de cerca de cem profissionais estrangeiros que atuam no programa Mais Médicos na cidade.

AE, Agência Estado

22 de fevereiro de 2014 | 13h34

São Paulo já recebeu 117 médicos pelo programa do Ministério da Saúde desde setembro do ano passado. Eles foram autorizados a clinicar por meio da "Declaração de Registro Único de Médico Intercambista". Deste total, 106 são estrangeiros vindos de Cuba, Venezuela, Bolívia, Argentina, Espanha, Portugal e Uruguai.

A Prefeitura enviou à Câmara proposta para bancar o pagamento de um auxílio de R$ 3 mil aos profissionais, além de recarga de R$ 230 para uso do Bilhete Único Mensal. "Com este projeto os repasses para custeio de moradia, alimentação e transporte serão feitos diretamente para o profissional pela Prefeitura de São Paulo. Isso desburocratiza muito a vida deles, de prestação de contas", afirmou o prefeito. Os médicos foram encaminhados para 74 UBSs nas regiões de maior vulnerabilidade social, segundo critérios do programa.

Tudo o que sabemos sobre:
HaddadMais Médicossaúde

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.