Horário de verão e tempo bom ajudam estudantes na BA

A chuva, que caía em Salvador desde a terça-feira, deu uma trégua, facilitando a chegada dos estudantes às principais escolas onde é aplicado hoje o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Preparados para sair de casa com bastante antecedência, prevendo problemas no trânsito, os estudantes chegaram com folga aos locais das provas. Grande parte já se concentrava na frente das escolas e faculdades antes da abertura dos portões, ao meio-dia.

TIAGO DÉCIMO, Agência Estado

22 Outubro 2011 | 15h11

"Meu horário de trabalho no sábado vai até o meio-dia, mas já tinha avisado que precisava sair mais cedo, por causa dos engarrafamentos que acontecem na cidade depois da chuva", contou a vendedora Marília Castro Chaves, de 19 anos, que quer cursar faculdade de Administração de Empresas. "Mesmo com o dia ensolarado, optei por seguir a programação. Cheguei às 11h30 e ainda fiz um lanche antes da prova. É melhor prevenir."

Outro fator que ajudou os estudantes foi a Bahia ter voltado a aderir este ano, após oito anos, ao horário de verão. Postulante a uma vaga em Medicina, Orion Castro Reis, de 26 anos, que havia perdido o exame há dois anos por causa da confusão com relação ao horário de início das provas - havia se mudado de Belo Horizonte para Salvador -, avalia que a Bahia seguir o horário de Brasília elimina eventuais dúvidas. "É fácil confundir se é uma hora a mais ou uma hora a menos quando o horário é diferente", disse.

Mais conteúdo sobre:
EnemprovaSalvadorBA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.