Ilhabela-SP terá polícia em praia contra drogas

A Praia de Castelhanos, a leste de Ilhabela, no litoral norte de São Paulo, deverá receber policiamento durante o carnaval. As autoridades policiais foram alertadas por moradores da comunidade sobre o consumo de drogas em feriados. Há problema semelhante na Praia do Bonete, no extremo sul do arquipélago. Só é possível chegar a Castelhanos de barco ou com veículos tracionados, que têm de percorrer estrada de 18 quilômetros. Uma trilha de seis horas leva ao Bonete.

AE, Agência Estado

27 de fevereiro de 2011 | 07h38

Moradores das duas praias dizem que o consumo de drogas ocorre à luz do dia. No carnaval do ano passado, pinos vazios de cocaína e cigarros de maconha parcialmente consumidos teriam sido encontrados por crianças na areia de Castelhanos. O assunto fez com que o Conselho Comunitário de Segurança (Conseg) de Ilhabela realizasse uma reunião pela primeira vez em Castelhanos. A praia tem 150 moradores. "Nos fins de semana prolongados é normal turistas fumando maconha", diz Wanderlei dos Santos Valério, de 31 anos, dono de um quiosque.

Ainda segundo ele, o consumo de drogas se estende aos campings na praia. "Durante a noite, eles vão para a areia fazer fogueira e usar drogas. Nós precisamos de policiamento dia e noite para coibi-los."

Os moradores de Castelhanos também se queixam de jipeiros e motociclistas que trafegam em alta velocidade na faixa de areia. Os comandos das Polícias Civil e Militar de Ilhabela dizem que o efetivo é baixo para manter policiais nas Praias de Castelhanos e do Bonete, mas afirmam que vão dar prioridade para a região no carnaval. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
carnavaldrogaspolíciaIlhabelaSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.