Impostômetro chega a R$ 1,5 trilhão em 2011

O Impostômetro fechou 2011 com 1,51 trilhão de reais, de acordo com a Associação Comercial de São Paulo (ACSP).

REUTERS

02 de janeiro de 2012 | 19h00

A medição foi criada pela associação para apontar a cobrança excessiva de impostos por parte do governo.

Os números representam o resultado da arrecadação de impostos federais, estaduais e municipais. Em 2010, o valor foi de R$ 1,29 trilhão.

Quando foi criado, em 2005, o Impostômetro registrou 773 bilhões de reais em arrecadação.

Segundo a ACSP, em 2012, ele já somou 9 bilhões de reais em impostos em menos de 48 horas.

Tudo o que sabemos sobre:
IMPOSTOMETROSALDO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.