Índice de atrasos cai para 8,6% em fevereiro, informa Anac

Este é o menor índice registrado, desde maior de 2007; atrasos de mais de uma hora também teve baixa

Agência Estado,

04 de março de 2009 | 15h12

O mês de fevereiro registrou o menor índice de atrasos para os passageiros de voos regulares no Brasil nos últimos 21 meses, de 8,6%. É o menor porcentual desde que os dados começaram a ser computados, em maio de 2007. Neste período, o melhor desempenho havia sido registrado em setembro de 2008, quando 10,5% dos voos saíram fora do horário. Os dados são acompanhados pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) a partir de informações computadas pela Infraero nos 67 aeroportos administrados pela estatal. O indicador considera atrasos superiores a 30 minutos do horário previsto para a partida. Se considerados os atrasos acima de 60 minutos, o índice também foi recorde de baixa: 2,9% em fevereiro deste ano, quando o menor resultado registrado até hoje havia sido 3,3%, em setembro do ano passado. Os números abrangem as operações das quatro maiores companhias da aviação regular nacional - TAM, Gol/Varig, Webjet e OceanAir, que detêm 97,4% do mercado doméstico brasileiro. Em fevereiro do ano passado, os atrasos ocorreram em 18,7% das partidas. A melhora na pontualidade ocorreu mesmo com 4,3 mil voos a mais na malha aérea nacional: foram 54.009 decolagens em fevereiro de 2009 ante 49.681 no mesmo mês de 2008. As quatro maiores companhias aéreas tiveram desempenho melhor em fevereiro do que nos meses anteriores.

Tudo o que sabemos sobre:
voosAnacatrasos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.