Interior de SP tem mais três mortes por gripe suína

As prefeituras de Campinas, Itu e Jundiaí, no interior de São Paulo, confirmaram hoje três mortes por contaminação pelo vírus da gripe suína nos municípios. Em Campinas, uma mulher de 25 anos morreu no dia 25 de julho em um hospital da rede privada. Ela estava no grupo de maior risco para desenvolver as formas graves da doença.

TATIANA FAVARO, Agencia Estado

11 Agosto 2009 | 18h37

Em Itu, a primeira morte associada à gripe suína foi de um homem de 42 anos. Ele trabalhava como agente de viagem, era diabético e obeso. Apresentou os primeiros sintomas em 31 de julho e deu entrada no Hospital Sanatorinhos, em Itu, em 4 de agosto, com quadro de pneumonia. Morreu no dia seguinte.Em Jundiaí, a prefeitura não informou sexo, idade, data ou serviço de saúde em que a vítima, um morador de Cajamar, morreu. Os exames foram feitos pelo instituto Adolfo Lutz, em São Paulo.

Com os registros, sobe para 26 o número de mortes relacionadas à gripe suína na região - nove em Campinas, três em Valinhos, duas em Jundiaí, duas em Nova Odessa, duas em Sumaré e uma em cada um dos municípios de Americana, Amparo, Atibaia, Cosmópolis, Indaiatuba, Itu, Mogi Guaçu e Santa Bárbara d''Oeste.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.