Jovem que raptou bebê em SP é solta

Um alvará de soltura expedido ontem pelo desembargador Pedro Luiz Aguirre Menin, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), pôs em liberdade a adolescente de 15 anos que estava internada na Fundação Casa (antiga Febem) após, na tarde de terça-feira, raptar uma recém-nascida da maternidade Leonor Mendes de Barros, no Brás, região centro-leste da capital. A adolescente resolveu raptar o bebê depois de sofrer um aborto espontâneo.

RICARDO VALOTA, Agência Estado

09 de maio de 2010 | 16h00

O alvará de soltura foi concedido após o advogado da adolescente entrar com um pedido de habeas corpus durante o plantão do TJ-SP neste fim de semana. Com o jaleco branco e fingindo ser estudante de enfermagem, a adolescente raptou a recém-nascida e a levou para a casa em uma bolsa. A família da jovem, no entanto, descobriu o crime e devolveu a criança, levando-a até a delegacia.

Tudo o que sabemos sobre:
raptobebêmaternidadeSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.