Justiça de SP condena 4 de quadrilha dos carteiros

A Justiça de São Paulo condenou ontem quatro integrantes de um grupo criminoso conhecido como quadrilha dos carteiros. As penas aplicadas variam de 26 a 43 anos de prisão e os integrantes da quadrilha já estão presos. Eles foram condenados pelos crimes de roubo, formação de quadrilha, receptação de produtos ilícitos, guarda de armas de fogo e munições em grande quantidade, incluindo de uso restrito e até uma metralhadora, e posse de granadas.

PEDRO DA ROCHA, Agência Estado

29 de setembro de 2010 | 21h02

Segundo a denúncia do Ministério Público (MP), de 2006 a 2008 Alexandre Barreto Rodrigues, Márcio Gonçalves, Rivelino Reis e Pablo Silva de Oliveira uniram-se para roubar residências de alto padrão na capital paulista simulando entrega dos Correios, inclusive com o uso de veículos e uniformes para enganar as vítimas.

Há em andamento outras ações penais por roubo contra os mesmos réus. Um quinto acusado, Evaristo Alves da Silva Neto, apesar de identificado, não foi julgado por estar foragido.

Tudo o que sabemos sobre:
crimeroubocondenaçãocarteirosSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.