Mercado reduz previsão de expansão no ano, vê Selic em 1 dígito

O mercado financeiro brasileiro reduziu fortemente sua estimativa para o crescimento econômico deste ano e cortou também os prognósticos para a taxa de juro Selic e para a inflação, segundo o relatório Focus divulgado nesta quarta-feira.

REUTERS

16 de março de 2009 | 08h36

A previsão para o avanço do Produto Interno Bruto (PIB) em 2009 caiu de 1,20 por cento na semana anterior para 0,59 por cento. O cenário para 2010 permaneceu em 3,50 por cento.

O prognóstico para a Selic caiu de 10,25 por cento para 9,75 por cento tanto para este ano como para o próximo.

O mercado também reduziu visão para a Selic na reunião de abril do Comitê de Política Monetária (Copom), de 11 por cento na semana anterior para 10,25 por cento agora.

A estimativa para a alta do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) deste ano caiu de 4,57 para 4,52 por cento, enquanto para 2010 ficou estável em 4,50 por cento.

(Por Vanessa Stelzer)

Tudo o que sabemos sobre:
BACENFOCUS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.